quarta-feira, 6 de março de 2013

Odeio vento.

Estas noites têm sido um tormento, é vento sem fim. A sorte é que tenho o mais-que-tudo bem pertinho para apertar a mão quando o vento assusta demasiado.
Hoje ele não está e o vento teima em aparecer com muita, muita força.
Não gosto nada de vento desde que, há um ano atrás, levantou parte do telhado e fez com que a parede da nossa sala parecesse uma cascata, deixando-a cheia de água devido à chuvada que estava naquele momento.
Por isso, agora com a mínima rajada de vento fico meia inquieta..

3 comentários:

  1. Ainda agora pensei nisso, um barulho que assusta.

    ResponderEliminar
  2. Eu gosto! Então de noite... adoro!

    ResponderEliminar
  3. Também não gosto, parece que estou num filme de terror LOLOL.

    ResponderEliminar

 
{ Blog design by Tasnim }