quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

6 ♥

Desde que surgiste na minha vida, tornaste-a muito melhor. Mudaste-me e fizeste com que a minha vontade de viver aumentasse ainda mais. Antes, apenas metade de mim fazia sentido.. a outra metade procurava-te. 

Desde que te conheço que sempre olhei para ti de modo diferente. A tua personalidade destacava-se, embora tu sendo muito discreto. Muito paciente e compreensivo. Nunca te deixas levar pelas opiniões dos outros, és de ideias fixas e nunca te limitaste a um grupo de pessoas. Queres ter a oportunidade de conhecer toda a gente e, ainda mais importante, de deixar com que te conheçam. Lembro-me de dizeres-me que devia dar oportunidade aos outros de me conhecerem porque eu, ao contrário de ti, limitei-me a um grupo de "amigos" e pouco ou nada falava com o resto, excepto contigo.
Sempre quis estar mais perto de ti e sempre invejei quem podia ver-te todos os dias e estar de uma maneira que eu não podia... Sentia isto desde muito cedo (como já te disse..) e sabendo que não devia, tentei ignorar tudo isto. A verdade é que quanto mais tentava deixar estes sentimentos para trás, mais eles se tornavam evidentes e agora, aqui estamos! :)
Não imaginas a quantidade de vezes que desejava abraçar-te como hoje o faço. Pois, não imaginas mesmo. Daí que, agora sempre que te abraço, parece que vou partir-te os ossos todos. É esta a razão, amor.. porque muitos abraços foram jogados ao vento por querer e não poder te abraçar e, agora que posso, não quero deixar de fazê-lo.

Tudo isto que tem vindo a acontecer, desde há 6 meses, esteve sempre nos meus pensamentos. Sempre que estava perto de ti, sempre que tentava adormecer, vinha todas estas imagens à minha cabeça. E agora amor..agora estamos juntos
Agradeço todos os dias por te ter na minha vida, alguém que me ama pelo que sou, com todos os meus defeitos, todas as minhas birras, todos os meus ciúmes irracionais. 
Ah... agradeço à estrela cadente a 1 de Agosto... 
Lembro-me perfeitamente como me senti depois do beijo. Abracei-te e tinha o coração a mil. Sorria e pensava se isto estava realmente a acontecer... e estava. Apertaste-me como se não houvesse amanhã, como se aquele abraço fosse o primeiro e o último. Sentia-te a tremer em todas as partes do teu corpo e ali, naquele abraço, o tempo parou e temos sido muito felizes desde então..

6 meses depois, cá estamos nós. Talvez poucos percebam o que sentimos, o que nos une. Mas isso não importa. Eu e tu sabemos que este é um amor para a vida. E ainda temos tanto pela frente.. 

Obrigada por me fazeres tão feliz! És o melhor homem do mundo. Amo-te muitooo!

2 comentários:

  1. Essa confiança e esse carinho são lindos de se ler.

    ResponderEliminar
  2. O amor realmente é lindo, e o seu blog também! Beijo.

    ResponderEliminar

 
{ Blog design by Tasnim }